Sumário
8. Caminho mais curto para gerar um RPS e converter em uma NFS-e
7. Credenciamento para emissão de NFS-e
« Anterior
9. Gerar Lote de RPS [18-03-12]
Próximo »

8. Caminho mais curto para gerar um RPS e converter em uma NFS-e

Pré-requisitos essenciais

AMBIENTE DE TESTES

Os testes de envio de RPS podem ser realizados no ambiente de homologação na maioria das prefeituras.

Mas algumas prefeituras não oferecem ambiente de testes (Blumenau/SC e cidades do provedor TIPLAN) e muitas prefeituras estão desativando o ambiente de testes, como é o caso da prefeitura municipal de São Paulo e o provedor DSF ( Belém/PA, Campinas/SP, Campo Grande/MS, Corumbá/MS Nova Iguaçú/RJ, São Luís/MA, Sorocaba/SP, Teresina/PI e Uberlândia/MG ). Nestes casos, mesmo quando informado o ambiente de homologação, a DLL vai consumir os Web Services do ambiente de produção e o usuário deve tomar os devidos cuidados de adotar uma série específica para testes e cancelar as NFS-e que forem emitidas.

Roteiro de implantação

  1. gerar o XML do RPS:

    1.1. aplicação própria;
    ou
    1.2. gerar um txt e converter em lote de RPS pela funcionalidade GeraLoteRPS;

  2. enviar o RPS pela funcionalidade EnviaLoteRPS, guardar o número do protocolo;

    Observações: As prefeituras que adotam o padrão DSF e as prefeituras de São Paulo/SP e Blumenau/SC devolvem o número do lote ao invés do número do protocolo, assim utilize o número do lote para as consultas.

Recepção de RPS - serviço síncrono / assíncrono

A modelo padrão de recepção de RPS é ASSÍNCRONO, sendo necessário buscar o resultado do processamento do lote de RPS enviado. Mas existem prefeituras que adotam o modelo de recepção SÍNCRONO e devolvem o resultado do processamento do lote de forma síncrona como é o caso das Prefeituras Municipais de São Paulo/SP e Blumenau/SC, nestas cidades não é necessário realizar a busca resultado do processamento do lote RPS.

  1. buscar o resultado do processamento do RPS com a funcionalidade ConsultaSituacaoLoteRPS, é necessário informar o número do protocolo recebido no passo 2, código de situação de lote de RPS:

    1 - Não Recebido;
    2 - Não Processado;
    3 - Processado com Erro;
    4 - Processado com Sucesso.

    Este passo não é necessário nas prefeituras que adotam o padrão DSF e nem nas prefeituras municipais de São Paulo/SP e Blumenau/SC, pois inexiste a funcionalidade.

  2. se o resultado da ConsultaStituacaoLoteRPS for igual a 3 ou 4, buscar o lote processado com a ConsultaLoteRPS;

Modelo de emissão da NFS-e

A forma padrão de emissão da NFS-e é a emissão on-line no portal da prefeitura, cabendo ressaltar que é a prefeitura que assina digitalmente a NFS-e.

O processo de integração do sistema de faturamento ou ERP é realizado no modelo de contingência, isto é, como não conseguimos emitir a NFS-e em modo on-line no portal, geramos o RPS (Recibo Provisório de prestação de Serviço) em modo de contingência e depois enviamos para a prefeitura converte-la em uma NFS-eque irá convertê-la em uma NFS-e.

A prefeitura de Belo Horizonte/MG não aceita o RPS como documento fiscal e exige que o RPS seja convertido imediatamenteem NFS-e.

A rigor, não existe necessidade de imprimir a NFS-e, pois ela fica disponível no portal da prefeitura para impressão, nem existe a necessidade de imprimir o RPS se for convertido em NFS-e na presença do tomador.

Exemplos de LINK para NFS-e:

  • Betha

    URL - http://e-gov.betha.com.br/e-nota/visualizarnotaeletronica?id=zzzzzzzzzzzzzzzz

    onde:
    id = código de autenticação criada pela aplicação da Betha, não é possível gerar o id, assim o usuário deve obter a URL na tag OutrasInformacoes da NFS-e gerada pela Betha.

  • GINFES

    URL - http://santoandre.ginfes.com.br/birt/frameset?__report=nfe_ginfes.rptdesign&cdVerificacao=456789&numNota=123456

    onde:
    cdVerificacao = código de verificação
    numNota = número da NFS-e

  • TIPLAN

    URL - https://nfse.americana.sp.gov.br/nfse.aspx?ccm=99999999&nf=999999999&cod=XXXXXXXX

    onde:
    ccm = Inscricao do Prestador de Servicos (sem formato)
    nf = Numero da NFS-e (sem formato)
    cod = Código de Verificacao da NFS-e (sem traço)

  • WebISS

    URL - https://www1.webiss.com.br/LucasDoRioVerdeMT//FormVerificarNFE.aspx?Login=ANONIMO&idRec=verificarnfse&tipo=

    Abre um formulário de consulta da NFS-e, mas requer a informação do CNPJ do prestador, o número da NFS-e e o código de verificação.

  • Prefeitura Municipal de SP

    URL - https://nfe.prefeitura.sp.gov.br/contribuinte/notaprint.aspx?inscricao=31980783&nf=4309977&verificacao=LX2UHQ5Y

    onde:
    inscricao = Inscricao do Prestador de Servicos (sem formato)
    nf = Numero da NFS-e (sem formato)
    verificacao = Código de Verificacao da NFS-e (sem traço)

  • Prefeitura Municipal de Recife

    URL - https://nfse.recife.pe.gov.br/contribuinte/notaprint.aspx?inscricao=12345&nf=123456&verificacao=ABCDEFGH

    onde:
    inscricao = Inscricao do Prestador de Servicos (sem formato)
    nf = Numero da NFS-e (sem formato)
    verificacao = Código de Verificacao da NFS-e (sem traço)

  • Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro

    URL - https://notacarioca.rio.gov.br/nfse.aspx?ccm=99999999&nf=999999999&cod=XXXXXXXX

    onde:
    ccm = Inscricao do Prestador de Servicos (sem formato)
    nf = Numero da NFS-e (sem formato)
    cod = Código de Verificacao da NFS-e (sem traço)

  • Prefeitura Municipal de Curitiba

    URL - https://isscuritiba.curitiba.pr.gov.br/portalnfse/Default.aspx?doc=@@CNPJ&num=@@NOTAFISCAL&cod=@@CODVER

    Onde:
    @@CNPJ é o Nº do CNPJ(sem pontos/traços) da Empresa Emitente,
    @@NOTAFISCAL é o Numero da Nota Gerado pela prefeitura,
    @@CODVER é o código do RPS retornado pela prefeitura.

  • Prefeitura Municipal de Maringá/PR

    URL - https://isseteste.maringa.pr.gov.br/print/nfse/cnpj/@@CNPJ/codval/@@CODVAL/numnfe/@@NUMNFE/
    https://isse.maringa.pr.gov.br/print/nfse/cnpj/@@CNPJ/codval/@@CODVAL/numnfe/@@NUMNFE/

    Onde:
    @@CNPJ é o Nº do CNPJ(sem pontos/traços) da Empresa Emitente,
    @@CODVAL é o código de validação (sem formato) retornado pela prefeitura,
    @@NUMNFE é o Numero da Nota(sem formato) gerado pela prefeitura.

Diagrama:

DiagramaAtalho

8. Caminho mais curto para gerar um RPS e converter em uma NFS-e
Sumário
« Anterior
7. Credenciamento para emissão de NFS-e
Próximo »
9. Gerar Lote de RPS [18-03-12]